14.7.10

Paulo Braccini


"Não há nada de exausto, nada de caduco, nada de perigoso para a vida, nada que calunie o mundo no reino do espírito, que não tenha encontrado secretamente abrigo em sua arte; ele dissimula o mais negro obscurantismo nos orbes huminosos do ideal. Ele acaricia todo o instituto niilista (budista) e embeleza-o com a música; acaricia toda a forma de cristianismo e toda expressão religiosa de decadência".
Nietzsche


Enfim, é o que tem pra hoje...
Paulo Braccini.

3 comentários:

Paulo Braccini disse...

ah! ki coisa mais fofa Caim ... sem palavras querido ... super super emocionado ... "fato

obrigado mesmo ...

posso usar no meu blog com créditos para vc? vai ... diz que sim ...

bjux

;-)

Endim Mawess disse...

adorei essa homenagem pro meu patriarca blogueiro, vc é demais

Dois Ursos disse...

Nossa que legal. Invejinha agora.
abraçao cara. cADE VC NO FaceLook pow.

HOMOFILE

HOMOCLUB